• messenger
  • Perguntas e Respostas
  • Contactenos
  • Pesquisar
Close

SOTOZEN-NET > Actividade > Trabalho Missionário Internacional > Comunidade budista Soto Zen da América do Sul

Comunidade budista Soto Zen da América do Sul


Pessoas locais vêm para estudar e praticar zazen no templo Busshinji.

O templo budista que é o local do escritório do Budismo Soto Zen da América do Sul foi fundado em 1955 por Takashina Rosen Zenji. Quando ele tinha 80 anos, passou cerca de 3 meses no Brasil realizando trabalho de divulgação. Em 30 de novembro de 1955, somente alguns dias antes de seu retorno ao Japão em 2 de novembro, ele designou o templo como uma filial de dois templos principais, Eiheiji e Sojiji, em sua capacidade como sacerdote principal da Sotoshu.

Atualmente há 6 templos Sotoshu no Brasil e um no Peru. Devido a haver cerca de 1.2 milhões de descendentes vivendo no Brasil, 6 templos não chegam a ser um grande número. Contudo, os templos existentes servem como um lugar de refúgio e estão constantemente oferecendo um ambiente amigável onde as pessoas se sintam a vontade para virem. Estes templos são verdadeiramente diversos em termos de localidade e atividades realizadas.

Um templo serve como um lugar para os moradores locais interagirem, recebendo muitas pessoas sempre que há um evento. Um templo com um fluxo infindável de visitantes, tirando vantagem de sua localização conveniente para oferecer várias aulas, oficinas e bazares. Há um cemitério adjacente cercado de um ambiente tranqüilo e natural. Além disso, o templo oferece um salão de meditação Zen para companhias e escolas, onde as pessoas podem estudar e treinar.

Os ensinamentos de nossos dois fundadores são divulgados, até mesmo no outro lado do mundo: América do Sul. Como parte das atividades do escritório da América do Sul, professores especiais de baikaryu e divulgação são convidados anualmente e fazem visitas a templos e várias comunidades.

Recentemente a meditação Zen conforme ensinada por Dogen Zenji se espalhou pelo mundo e a América do Sul não é exceção. Há 100 grupos ou mais de meditação Zen, grandes e pequenos, pelo continente. Um papel do escritório da América do Sul é manter um contato próximo com os grupos e ajudá-los a criar um ambiente onde a instrução correta na meditação Zen possa ocorrer.


Sacerdotes e paroquianos no templo Busshinji preparam-se para o ano novo com o preparativo de arranjos decorativos apresentando bolos de arroz glutinoso.

Quase 100 anos se passaram desde que os primeiros imigrantes japoneses chegaram ao Brasil. Os descendentes atuais são a quarta e quinta geração. Observando-se o memoriais realizados no templo, percebe-se que estes são freqüentados não somente por pessoas de ascendência japonesa, mas também por aqueles de ascendência ocidental. É também comum para eles freqüentarem não somente como amigos, mas como membros da família. O que as pessoas estão buscando Brasil não é somente memoriais, funerais, casamentos e orações mas algo mais sincero- como no que exatamente o budismo ensina. Para estas pessoas que não conhecem a cultura japonesa,o sistema paroquiano é um sistema estrangeiro. Memoriais são, é claro, um aspecto importante do budismo. Para entender a importância de seus ancestrais, é necessário também entender a cultura japonesa. Conforme percebe-se acima, brasileiros têm interesse na meditação Zen, e muitos vêm ao templo para meditarem. A meditação Zen e os memoriais são ambos partes dos ensinamentos Sotoshu mas tendemos a considerá-los como coisas separadas. A meditação Zen e os memoriais ou os brasileiros de ascendência ocidental e brasileiros de ascendência japonesa podem parecer diferentes à primeira vista, mas o que é necessário na América do Sul é atividade evangelística que não faça esta distinção.

Nestes dias avanços científicos rápidos estão ocorrendo e nos encontramos na era da sociedade da informação. O mundo está ficando menor, conforme evidenciado pelo fato de que se pode viajar do Japão para o Brasil, do outro lado do globo, em 24 horas. Os ensinamentos de nossos dois fundadores estão também se espalhando através do mundo. Nesta época de transtorno, acreditamos que é obrigação do escritório da América do Sul criar atividades de ensino que atraiam pessoas de todas as origens.

A América do Sul é o local mais distante do Japão no globo e poucos terão a oportunidade de visitar. Mesmo assim, é um lugar que é cheio de encantamento. Se você tiver a oportunidade de visitar a América do Sul a negócios ou a lazer, ficaríamos contentes em ter notícias suas e ter a sua visita. Agradecemos de antemão por seu apoio contínuo.

Budismo Soto Zen, Escritório da América do Sul (Busshinji)

Budismo Soto Zen, Escritório da América do Sul (Busshinji)


Pessoas de muitas partes do continente reunem-se no templo Busshinji para participarem de zazen no "Sesshin da América do Sul."

Soto Zen Buddhism South America Office Details

view map
Brazil
Endereço: Rua São Joaquim, 285, Bairro da Liberdade, São Paulo SP CEP 01508-001 Brazil
Telefone: 55-11-3208-4515
Fax: 55-11-3208-0418

Mail: sotozen@itelefonica.com.br
sotozen@uol.com.br
Website: http://www.sotozen.org.br